Seleção Nacional de Luta Galhofa com convocatória definida

No passado dia 12 de Abril, cinco atletas integraram a seleção nacional de Luta Galhofa, onde já estavam dois atletas selecionados de Chaves, mas infelizmente um deles, Nuno Silva, não poderá estar na seleção devido a problemas de saúde.

A equipa prepara-se para poder representar Portugal em Verona Itália, já no dia 1, 2 e 3 de Maio, mas, segundo o técnico, isso “só será possível se conseguirem apoios suficientes para levar a equipa, que conta com dois atletas flavienses e o selecionador, os quatro restantes atletas são dos restantes clubes filiados na FPLGDI.

Seleção Nacional de Luta Galhofa
Selecionador Nacional de Luta Galhofa
Vítor José Gomes
Atletas Cadetes
João Gaspar da Silva Batista -66kg Masculino
Atletas Juniores
Aurélia Rodrigues -52Kg Feminino
Diogo Miguel Feio Esteves -77kg Masculino
Atletas Adultos
Maria Inês de Sousa Garcia -56Kg Feminino
Adérito José Lamas Labadouro -61Kg Masculino
Marco Paulo Nobre do Cabo Pereira -84kg Masculino

FPLGDI, promoveu formação de juízes e árbitros

Realizou-se no passado sábado, dia 21 de Março, em Chaves, o curso de formação de Juízes de Luta Galhofa da FPLGDI – Federação Portuguesa de Luta Galhofa e Desportos Interculturais – O Guerreiro Lusitano, entidade que procura regulamentar e dirigir a Luta Galhofa a nível nacional.

Samurai-arbitrosO curso contou com a presença de vários instrutores e atletas de Chaves, Alijó, Mirandela, Vila Flor, Torre de Dona Chama, Alfandega da Fé, Amadora e Coruche.

No dia 22, domingo, a formação continuou, desta vez para Árbitros de Luta Galhofa. Em simultâneo houve, também, uma 1ª triagem, nos dia 21 e 22, para escolher atletas que irão representar a selecção nacional e representar esta Federação dentro e fora do nosso país.
Foram dois dias de provas duras e será já no mês de Abril que será apresentada oficialmente esta seleção, após a última prova de escolha de atletas.

“Esperamos que esta seleção possa já estar presente na prova que se irá realizar em Verona, em Itália nos dias 1, 2 e 3 de Maio. O que os separa, a ida a essa competição e poder levantar a bandeira portuguesa, é o apoio financeiro, para cobrir parte das despesas dos oito atletas e do selecionador nacional. Desta forma, agradecemos toda e qualquer ajuda monetária que possa surgir, por parte de empresas ou individuais, de forma a que seja possível realizarmos este objetivo. Os interessados, deverão contactar a federação através do mail: oguerreirolusitano@hotmail.com”, explicou Vítor Gomes, responsável da federação.

Na APS a páscoa com os mais pequenos

No passado dia 2 de Abril, os pequenos atletas da Associação Portuguesa O Samurai, andaram a caça dos ovos de chocolate, depois do treino de Luta Galhofa.
O-Samurai-(3) Com o objetivo de comemorar a época da pascoa, na associação, o dia foi assim de diversão, com muita brincadeira à mistura.

 Curso de formação de Árbitros de MMA da FMMAP – Federação de Mixed Martial Arts de Portugal

Realizou-se no passado dia 7 de Março, em Vila do Conde, o curso de formação de Árbitros de MMA da FMMAP – Federação de Mixed Martial Arts de Portugal, entidade que procura regulamentar e dirigir o MMA a nível nacional e que se encontra devidamente filiada na International Mixed Martial Arts Federation (IMMAF).

O curso orientado pelo formador nacional, Joel Magalhães, contou com a presença de vários instrutores do Porto, Vila do Conde, Vila Nova de Famalicão e da cidade de Chaves, representando a Associação Portuguesa O Samurai  os instrutores Vítor Gomes e Rui Vilaranda.

Demonstração na Festa  das Amendoeiras em Flor, em Vila Flor

No passado dia 1 de Março, em Vila Flor, na festa das amendoeiras em flor, estiveram presentes várias associações e escolas de Artes Marciais que fazem parte da Federação Portuguesa da Luta Galhofa e Desportos Interculturais – O Guerreiro Lusitano. A Associação Portuguesa O Samurai, Clube de Artes Marciais e Pankration de Alijó, Associação Torriense de Lutas e Desportos Radicais, Associação Desportiva D. Dinis e Associação Desportiva de Alfandega da Fé. Mais de 50 atletas participaram num encontro que durou cerca de quatro horas, onde realizaram várias demonstrações: técnicas de defesa pessoal, combate, formas, etc, demonstrando, cada escola, vários estilos de Artes Marciais, dando bastante destaque à nossa cultura a Luta Galhofa, uma forma de Luta corpo a corpo com mais de 2000 anos e tipicamente Transmontana, a qual somente agora, está a passar a modalidade desportiva, graças ao empenho do Mestre Vítor Gomes.

“Este encontro foi um êxito, o qual superou todas as expectativas, estando muita gente a praticar e especialmente a assistir. Para a FPLGDI, foi bastante gratificante este encontro com os atletas. No mês passado, tivemos também a honra de poder dar a conhecer esta cultura portuguesa e de raça transmontana ao mundo através da revista Budo Internacional, Cinturão Negro”, afirmou Vítor Gomes, presidente da Associação Portuguesa O Samurai.

“Foi com enorme orgulho que vimos publicado na 2ª edição de fevereiro um artigo sobre a Luta Galhofa. Só é de lamentar que a sede desta federação se encontre em Chaves, mas que tenhamos que organizar eventos noutros locais por falta de verbas e apoios, pois estas iniciativas deveriam ser realizadas nesta cidade dando a conhecer algo que é nosso: uma cultura típica transmontana que está a ser recuperada e transformada em modalidade desportiva. É de louvar este trabalho e pelos vistos há reconhecimento internacional, mas no que se refere ao nível local o reconhecimento de todo este empenho, esforço e dedicação, não é válido”.